Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As histórias de Elma

As histórias de Elma

A cortesã

30.08.19, AshistoriasdeElma

Hoje é o dia!

Depois de nas histórias anteriores,  já ter escrito um pouco sobre mim, sobre as minhas motivações, hoje venho finalmente, escrever sobre a minha maior motivação, sobre a minha maior fantasia. Talvez o motivo de ter começado a escrever sobre estes assuntos.

Ser cortesã!

Indo um pouco atrás, na nossa história, constatamos que remonta ao séc. XVI, a prática deste uso. Cortesã era uma mulher que se associava a um homem rico ou a um poderoso nobre que a provia de luxo e bem-estar, em troca da sua companhia e dos seus "favores". Desempenhando o papel de sua amante, prática muito comum na altura.

Pois eu não vivi nesta época, mas imaginar esse cenário enche-me de calor que me extasia e me ingurgita por inteiro. Que me excita!

Imaginar estar com um homem por sexo, é algo que me excita muito, mas imaginar que me recompensa, que me paga para lhe proporcionar prazer é algo que me transcende. E neste contexto, sou simples e objetiva, é isso que procuro.

Procuro viver a experiência de sentir a adrenalina de me sentir "alugada" por um homem em troca da minha companhia e dos meus "favores".

Contudo, não procuro um homem qualquer, não procuro sexo por sexo.

Procuro um homem que me aprecie, que me desafie, que tenha a capacidade de me descobrir. 

Nos dias de hoje não serei, Elma, a cortesã, mas serei Elma, a acompanhante de luxo. À espera do seu nobre, que a encha de luxo em troca dos seus "favores".

E é isto, é este o meu desejo. A minha fantasia maior!

Não tenho dúvidas que esse homem exista...

Contudo, este é um capítulo, sem dúvida o capítulo principal, que apenas está escrito num blog algures na net...

 

Um beijo a quem me lê

Elma

2 comentários

Comentar post