Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As histórias de Elma

As histórias de Elma

Quebrando Tabus

26.08.19, AshistoriasdeElma

Quando me perguntam quais os meus tabus, eu respondo no imediato, que não tenho tabus.

Mas hoje fiquei a pensar nisto! Porque é que eu não tenho tabus, ou será que não tenho mesmo nenhum tabu?

Ora bem, o termo "tabu" significa algo sagrado, especial, proibido, perigoso e pouco limpo. Estes tabus, foram e são ainda hoje criados por convenções religiosa e culturais, como forma de preservar os bons costumes da sociedade limitando a prática de determinados atos ou evitando falar sobre assuntos polémicos.

Ora claro, que aqui já percebi o porquê de eu não ter tabus:

1º porque é maioritariamene uma proibição digamos, de carácter religioso e eu com a religião temos uma relação muito distante tendo eu ideias muito próprias neste campo preferindo não ir por aí.

2º porque sendo uma proibição à partida instituida,  pelo menos para mim, suscita-me curiosidade no sentido de perceber a fronteira, daquilo que é interdito e daquilo que é consentido.

Desta forma, tenho vindo a desmistificar os meus possíveis tabus.

Claro que no início da vida sexual, para qualquer um de nós, tudo é novo, tudo está por experimentar. Depois cabe a cada um de nós seguir um percurso. Aqueles que à partida, sem experimentar já dizem que não gostam, terão concerteza um tabu para o resto da vida.

Contudo, para uma mulher é arriscado afirmar assim à partida, que não tem tabus no sexo. Arriscado porque poderá ser facilmente conotada como uma mulher que esteja disponível para qualquer cenário, ou que esteja disponível para qualquer pila.

Não, muito pelo contrário. O que noto é que sem dúvida, cada vez vou ficando mais seletiva, mais exigente. É como, ir ao supermercado ou ir a uma loja gourmet, já estou num patamar em que procuro aquilo que melhor me satisfaz, prefiro aquilo que tem mais requinte!

No foro psicossocial, todos nós temos os nossos receios, medos e inseguranças, e transpondo para o foro sexual, eu associo, que quando se fale em tabu, as pessoas se queiram referir a esses receios e inexperiencias que têm.

Quanto aos seus tabús?  Julgo ser importante dedicar-se a descobri-los. Perceber se realmente existem e o porquê? Sugerindo que os tente resolver, porque o sexo iria concerteza melhorar.

Tudo isto claro desde que não seja um assunto ilícito claro!

 

Um beijo a quem me lê

Elma